analysis
100 empresas e organizações parceiras
clock
2052 horas de atividade em 2017
analysis
42 anos formando jovens
graduation-cap
16 cursos de iniciação profissional


Vidas Transformadas

16 de setembro de 2018

Egressa da AGCO hoje é educadora social do Projeto Pescar na empresa

Roberta Cardoso Vieira foi jovem da Unidade Projeto Pescar AGCO em 2009. Hoje, é educadora na mesma empresa onde concluiu o curso de Iniciação Profissional e […]
16 de setembro de 2018

Egressos do Projeto Pescar trazem mais produtividade para as empresas

Ao contratar egressos das turmas do Projeto Pescar, as empresas ganham em velocidade de treinamento. Capacitados nos cursos de Iniciação Profissional, os jovens já entram adaptados […]
16 de setembro de 2018

O voluntariado desenvolve as equipes em menor tempo

Através da atividade voluntária os colaboradores aprimoram várias habilidades, como oratória, liderança, motivação e confiança. Na empresa Mercur, o programa é executado há nove anos e […]

Depoimentos

  • A alegria, o sorriso estampado em cada rosto, a força de vontade, desejo de querer mudar e uma energia contagiante que cada jovem tem e transmite, contribuem muito para minha vida pessoal e profissional. Me sinto motivado e feliz em poder ajudá-los, compartilhando um pouco dos meus conhecimentos e experiências nos momentos em que passamos juntos, nas aulas, vivências ou em atividades e projetos extraclasse que consigo estar com eles. Parabenizo a Yara por acreditar no projeto, a Fundação e a todos os voluntários por levar adiante esta nobre causa.
    ELIZANDRO CASTRO
    Voluntário na Unidade Projeto Pescar Yara Fertilizantes, em Rio Grande/RS
  • Lidar com pessoas tão diferentes, e que possuem histórias de vida únicas, nos faz pensar muito sobre como lidamos com determinadas situações em nosso dia-a-dia. Trazendo isso ao mundo profissional, pode-se fazer uma analogia instantânea desse cenário com a liderança de times heterogêneos, onde encontramos de Baby Boomers a Millennials no mercado de trabalho. Isso é exatamente o mais mágico do Pescar: além de fazer a diferença na vida desses jovens, temos um ambiente extremamente fértil para desenvolver soft skills, como capacidade de comunicação, liderança, senso de prioridade, espírito de equipe, planejamento estratégico e até um pouquinho de psicologia...
    ALLAN HENZE
    Voluntário na Unidade Projeto Pescar AGCO, em Canoas/RS
  • O Projeto Pescar me fez acreditar em mim mesma, fazendo pensar que a melhor parte de ser um profissional de futuro promissor é sempre ter desafios pela frente para abraçá-los e cumpri-los, dando um passo de cada vez para se chegar longe. É o que sigo fazendo, quebrando barreiras cada dia que passa, para conseguir sempre pescar o meu peixe. Hoje, tenho muito orgulho de voltar a fazer parte da Família Pescar, agora do outro lado, como uma voluntária, no local onde me acolheram com tanto amor, carinho e dedicação de pessoas que um dia foram meus professores e que agora são meus colegas de trabalho.
    NATANIELE CURTINAZ
    Egressa da 23ª turma, Voluntária na Unidade Projeto Pescar Ambientaly, em Guaíba/RS
  • O trabalho voluntário no Projeto Pescar é uma janela para um mundo em que eu vivia, via e escutava, mas que não sentia. Desenvolveu um grau excepcional de empatia e de cidadania, pois me torna responsável por algo. E não terceiros em meu nome. Hoje, sou muito mais sensível: mais compreensivo, mais atento, mais amoroso e menos autoritário. No campo profissional, sinto-me como uma referência, pois os colegas enxergam um exemplo. Além disso, creio que os superiores hierárquicos veem com bons olhos o fato de um de seus profissionais dedicar-se à uma causa da empresa, sem remuneração, e sem deixar de cumprir com todas as tarefas do dia a dia, afora a oportunidade única de fazer o bem.
    JEAN MARCEL LIMA
    Voluntário na Unidade Projeto Pescar Midea Carrier, em Canoas/RS
  • Ser voluntário no Projeto Pescar Braslumber foi uma experiência na qual pude exercitar meu dever cívico e contribuir com a formação de jovens da nossa comunidade. Enquanto profissional, pude dividir com eles as vivências de um ambiente de trabalho, noções e conceitos básicos das melhores práticas de mercado, para que eles possuam um início de formação profissional adequada e estejam preparados para o mercado de trabalho, podendo, se houver oportunidade, iniciar esta jornada dentro da nossa empresa.
    FLAVIO MIRANDA DE MELO
    Voluntário na Unidade Projeto Pescar Braslumber, em Telêmaco Borba/PR

Últimas Notícias

16 de agosto de 2018

Jovens exercitam a cidadania no Dia Nacional do Pescar

No Dia Nacional do Pescar (20 de maio), os jovens despertaram nas pessoas o sentimento de que as grandes transformações só são possíveis por meio das […]
16 de agosto de 2018

Jovens da Zensul questionam invisibilidade da juventude em Colóquio Internacional

Na última terça-feira (19/06), a turma da Unidade Zensul levou o debate da invisibilidade da juventude para a abertura do III Colóquio Internacional de Justiça Juvenil […]
16 de agosto de 2018

Unidade Cruz Alta prepara início das atividades

Encerrou na última semana, o processo de inscrição dos jovens para a Unidade Projeto Pescar Cruz Alta, em Cruz Alta/RS. As atividades serão desenvolvidas na ACI […]

Galeria de Imagens

Mantenedores

1 / 10

Mantenedores de Rede

Apoiadores Institucionais

"Se quiseres matar a fome de alguém, dá-lhe um peixe. Mas, se quiseres que ele nunca mais passe fome, ensina-o a pescar."